quinta-feira, 28 de janeiro de 2016



Amo à beira-mar
Sou das beiradas
Beiro aos poucos
Não sou do centro
Sou de abraçar

Sou marginal ao amor
Mas o beiro
Igual beiro o mar.

Nenhum comentário: